Representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Rondonópolis (Sispmur) tem se reunido com o vice-prefeito, Rogério Salles (PSDB), para discutir a pauta de reivindicação dos servidores.

O presidente do Sispmur, Rubens Paulo, lembra que na primeira audiência, o prefeito Percival Muniz (PPS) pediu para que o Sispmur fizesse um levantamento paralelo da diferença entre o INPC e os percentuais de aumento  desde o ano 2000 e garantiu que negociaria  essa diferença.

De acordo com Rubens esse levantamento está pronto e que algumas categorias de servidores chegam a somar um prejuízo de 19%. Mas o presidente do Sispmur conta que a situação pior é a dos professores da rede que estão com os salários ainda mais defasados.

Leia também:  Rondonópolis recebe escola orçada em mais de R$ 4 milhões

“Tem algumas categorias que já conseguiram minimizar esses prejuízos, mas a situação da Educação é com certeza a pior”, comenta. Segundo Rubens os servidores assim como a cidade, acabaram sendo vítimas de alguns prefeitos, e nesse caso, algumas categorias foram menos valorizadas do que outras. Além do mais, soma-se a isso, a falta nas condições de trabalho.

A próxima audiência com o gestor estava prevista para acontecer após o Carnaval, mas até o momento não há uma data definida. Rubens afirma que após a audiência vai marcar uma assembleia com todos os servidores para dar esclarecimentos e debater os assuntos pertinentes as categorias.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.