Preocupada com as questões sanitárias referentes à atividade suinícola, a Associação de Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) criou o Comitê Sanitário de Suideocultura de Mato Grosso (CSSMT). O objetivo é propor medidas e ações direcionadas à proteção e ao aprimoramento das práticas de defesa sanitária da suinocultura e também embasar/subsidiar com demandas o Comitê Estadual de Sanidade Suídea – Coessui/MT.

Segundo o presidente da Acrismat, Paulo César Lucion, o desenvolvimento e efetivação de programas de sanidade são considerados fundamentais para que o Estado possa atingir novos mercados. “Ao preservarmos a qualidade sanitária do nosso rebanho de suínos podemos aumentar a competitividade de nosso produto no mercado internacional. E o Comitê será uma ferramenta de fortalecimento do sistema sanitário”, destacou.

Leia também:  Unidade Padrão Fiscal será reduzida para o mês de setembro em MT

Para o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Mato Grosso (CRMV-MT), Verton Silva Marques, o Comitê demonstra para a sociedade e para o segmento em geral que o setor produtivo está organizado. “Os próprios suinocultores estão se antecipando, preocupados com a sanidade e qualidade de rebanho no estado de Mato Grosso. E estamos aqui representando os veterinários que trabalham com a suinocultura, trabalhando com a Acrismat nessa reunião de diferentes empresas da agroindústria pelo alinhamento das práticas e defesa sanitária”, afirmou.

O médico veterinário Wagner Rugeri, da BRF, ainda destacou que o Comitê é importante para discutir as principais ações que devem ser tomadas na prevenção e controle da saúde dos plantéis de suínos no Mato Grosso. “Tendo em vista a importância da atividade para o Estado, conseguirmos um alinhamento entre os técnicos que atuam nas diversas empresas e propriedades no Estado todo, de forma a dar subsídio para os órgãos oficiais e Coessui, será um grande passo para a sanidade dos suínos”, pontuou.

Leia também:  Estado aumenta valor dos repasses para fundos municipais de Saúde

Participaram da reunião o presidente do CRMV-MT, os médicos veterinários Jonas Steffanello, do Grupo Lucion, Mauro Cezar Pozzoon, da Água Viva, Fabiano Rafaeli Montezzo, da Coppermutum, Wagner Rugeri e Guilherme Cortez Molciro da BRF, João Heck, da Seara, Lisandro Haupenthal, da Ideal Agro, Wagner Macodo, da Brasil Central e Igor Queiroz Silva da Acrismat.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.