O senador Eduardo Suplicy (PT/SP) em seu curto discurso onde disse que seguiria a determinação da bancada na votação para o presidente do senado, mostrou-se contrariado com o fato de votar em Renan Calheiros (PMDB/ AL) decisão da bancada do partido dos Trabalhadores (PT).

Ao que ficou entrelinhas no discurso de Suplicy que seu voto seria de Pedro Taques (PDT/MT), que seria o melhor nome para recuperar a imagem do Senado e por consequência do Congresso Nacional.

Advertisements
Leia também:  Pátio ganha mais três aliados, PSDB agora é base

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.