Foto: Varlei Cordova/AgoraMT
Foto: Varlei Cordova/AgoraMT

Duas viaturas da Polícia Militar tiveram parte do estofamento queimado na madrugada de hoje (18), decorrente a um incêndio criminoso. As viaturas estavam há dois meses paradas no pátio de uma oficina autorizada, localizada na Rua Arnaldo Estevan, aguardando para serem recolhidas pela empresa responsável, a Delta.

De acordo com o aspirante da PM, Bispo, a tentativa de incêndio foi um ato de vandalismo e não tem nenhuma ligação com os atentados de Santa Catarina. “Essas viaturas estão aguardando serem recolhidas, já foi feita a troca das mesmas por viaturas novas”, explicou o policial.

O incendiário frustrado jogou dois litros de gasolina no interior da viatura e em seguida colocou fogo, porém as chamas não se propagaram  devido o criminoso ter fechado a porta do veículo.

Leia também:  Jovens envolvidos com o tráfico têm mandados de prisão cumpridos

Para o empresário João Magnania, o muro baixo pode ter ajudado o vândalo a entrar  no pátio que fica anexo a oficina. “Já liguei várias vezes para a Delta pedindo o recolhimento destas viaturas, mas até hoje nada”, finalizou o proprietário da empresa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.