Segundo informação divulgada pela assessoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o desembargador Claudio de Mello Tavares, da 11ª Câmara Cível do TJRJ , negou recurso da Cinearte Produções, distribuidora do filme Amor, Estranho Amor, no qual Xuxa Meneghel aparece nua.

A empresa quer relançar o filme e alega que o contrato de cessão dos direitos com a apresentadora expirou em 2009. Mas a empresa Xuxa Produções Artísticas garante ter feito depósitos extrajudiciais por mais de 18 anos, apesar de o contrato ser de oito anos.

Segundo os autos, em 2009, a Cinearte quis renegociar o valor do pagamento com a justificativa de desvalorização cambial. No fim do mesmo ano um representante da empresa teria informado para a empresa de Xuxa que não haveria mais acordo. Mesmo com o impasse, a Xuxa Produções Artísticas efetuou depósito, mas a Cinearte recusou o pagamento, o que motivou a apresentadora a entrar com um processo para impedir que a distribuidora comercializasse o filme.

Leia também:  Resumo de novelas desta quinta-feira (10)

O pedido foi aceito em primeira instância e agora o recurso da Cinearte voltou a ser negado. A empresa de Xuxa segue efetuando depósitos, e de acordo com o processo o último foi feito em 2012 no valou de R$ 119 mil.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.