Tenente Nagila  01A Polícia Militar Ambiental apresentou os resultados da Piracema 2012/20123, que proibi a pescaria nos rios de Mato Grosso. Este ano houve aumento de 91% de pescado apreendido, em relação ao período do anterior.

A ação da Polícia Ambiental, durante o período de proibição durou de novembro de 2012 a fevereiro deste ano, resultou na apreensão de 944 quilos de pescado, na piracema anterior foram 494 quilos. Além dos 216 quilos de peixes que foram soltos nos rios, os números também apresentaram um aumento de 50 quilos em relação ao período de novembro/2011 a fevereiro/2112.

A comandante da 2ª Companhia Ambiental, 1ª Tenente Nágila de Moura Brandão Seganfredo, afirmou que esta orgulhosa com os resultados obtidos, pois este ano houve uma dificuldade maior em relação a suportes para realizar a fiscalização, contudo todos os dias equipes executaram patrulhamento fluvial. Outro fator que contribuiu com o saldo eficiente da corporação foi a participação popular que denunciava os infratores.

Leia também:  Deu Ruim | Dupla é presa ao tentar roubar loja em Rondonópolis

A tenente ressaltou que mesmo com o fim da piracema serão intensificadas para ações de combate aos crimes ambientais, como por exemplo, queimadas urbanas, som alto, descarte de lixo em locais indevidos. Para intensificar os trabalhos a Comandante já articula, junto às autoridades competentes a obtenção de equipamentos de suporte na realização das atividades.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.