Travessia urbana na Vila Mamed  01
Obras na passagem subterrânea, parte inferior da rodovia – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Desde a manhã desta sexta-feira (1) que está liberada o tráfego na parte superior (leia aqui) onde ocorre a construção da passagem subterrânea, obras que fazem parte da travessia urbana, na BR-163/364. Já a liberação da parte de baixo que dará acesso a Vila Mamed dependerá da prefeitura de Rondonópolis.

O secretário de Infraestrutura, Fábio Cardozo, explicou que como está sendo feito uma readequação no projeto da duplicação da rodovia (leia aqui), incluindo a travessia urbana, não há porque continuar todas essas obras antes do resultado dessa avaliação que será dada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

De acordo com Fábio ainda não a uma decisão precisa se a prefeitura vai realmente devolver as obras para o Dnit ou se vai continuar com a responsabilidade e que isso ainda vai ser discutido com o prefeito Percival Muniz (PPS) na semana que vem. “Mas se a Prefeitura for tocar a obra, o que posso dizer é que vamos pedir celeridade nos trabalhos, mas isso só será definido na próxima semana”, afirma.

Leia também:  Hospitais filantrópicos de MT anunciam paralisação na próxima semana

Na última quarta-feira (27), Fábio disse que esteve no Dnit, em Cuiabá, em contato com o superintendente Luiz Antonio Ehret Garcia para uma conversa inicial. Segundo Fábio outra obra que deve ter parte liberada é a do viaduto. “Conversamos para que os anéis do viaduto também possam ser liberados para o tráfego”, conta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.