Os cabelos nos desfiles de Haider Ackermann e Rick Owens, e os mullets de Jean Paul Gaultier na Semana de Moda de Paris (Foto: Reprodução / Agência AFP)
Os cabelos nos desfiles de Haider Ackermann e Rick Owens, e os mullets de Jean Paul Gaultier na Semana de Moda de Paris (Foto: Reprodução / Agência AFP)

Os cabelos dos desfiles na Semana de Moda de Paris, que acaba nesta quarta-feira, 6, têm sido uma atração à parte. Jean Paul Gaultier, por exemplo, trouxe de volta os mullets. “O mullet chega com uma grande influência cultural do David Bowie, do rock ‘n’ roll”, diz o hairstylist Neandro Ferreira, que atende famosas como Deborah Secco, Andréa Beltrão e Juliana Knust. Mas a vibe anos 80 volta repaginada, explica ele. “Não chega a ser mullet. São cabelos com camadas mais curtas no topo e mais longas nas laterais. As passarelas são sempre mais ousadas, mas a tendência vem de maneira mais sutil, mais comercial”.

Além do estilista francês, grifes como Comme de Garçons, Junya Watanabe, Givenchy, AF Vandervorst, Haider Ackermann e Rick Owens também apresentaram suas coleções de inverno com direito a penteados inusitados. Do que foi mostrado, Neandro diz que dá para tirar como tendência para o inverno os cabelos com volumes e texturas. “Cabelos de chapinhas estão fora!”, conta.

Modelos nos desfiles da Comme de Garçons, Junya Watanabe, Givenchy e AF Vandervorst, com a franja que cobria quase todo o rosto (Foto: Reprodução / Agência AFP)
Modelos nos desfiles da Comme de Garçons, Junya Watanabe, Givenchy e AF Vandervorst, com a franja que cobria quase todo o rosto (Foto: Reprodução / Agência AFP)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.