Silval assina convênio para programa habitacional com condições especiais a servidores. Foto: Josi Pettengill/Secom-MT
Silval assina convênio para programa habitacional com condições especiais a servidores. Foto: Josi Pettengill/Secom-MT

O Governo do Estado de Mato Grosso firmou convênio com o Banco do Brasil para disponibilizar uma linha de crédito exclusiva para os servidores públicos estaduais e municipais adquirirem a casa própria. A parceria foi assinada nesta quinta-feira (07) pelo governador Silval Barbosa, vice-governador e secretário de Cidades, Chico Daltro e vice-presidente do Banco do Brasil, Paulo Rissi.

O benefício é destinado aos servidores efetivos do quadro estadual e municipal e visa ampliar a capacidade de compra do funcionalismo e facilitar o acesso ao financiamento habitacional. A expectativa, segundo Silval, é atingir nos primeiros dois anos 30 mil financiamentos, o que significa injetar certa de R$ 2,2 bilhões na economia.

“O convênio é para construção e aquisição de casas para os servidores públicos com juros menores do que o praticado no mercado. É um programa inédito que vai movimentar a economia com geração de emprego e renda. Para mim é uma honra anunciar esta parceria”, afirmou Silval Barbosa.

Leia também:  No primeiro semestre, população envia 11 mil mensagens à Rede de Ouvidorias em MT

De acordo com o secretário de Cidades, Chico Daltro, em 45 dias o governo do Estado, em parceria com o Banco do Brasil, disponibilizará uma equipe treinada para esclarecer dúvidas e ajudar os servidores a organizar toda a documentação necessária para acessar os créditos. Chico Daltro explicou ainda que neste programa a contrapartida do Estado não será em dinheiro e sim em organização e negociação com o Banco do Brasil.

O vice-presidente do Banco do Brasil, Paulo Rissi, afirmou que esta é uma iniciativa inédita no Brasil e que os créditos serão disponibilizados de acordo com a renda familiar do servidor. A princípio não há limites para o número de pessoas beneficiadas. “A parceria é importante, pois vamos oferecer condições melhores para adquirir a casa própria. Queremos também que sejam priorizadas as empresas de Mato Grosso. Os servidores já podem ir procurando a residência que pretendem adquirir”.

Leia também:  Alto Araguaia | Exportação cai 11% no mês de julho
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.