A Fundação Nova Chance (Funac), instituição responsável pelas políticas de ressocialização e intermediação de mão-de-obra da população carcerária em Mato Grosso, dá início neste mês de março ao calendário anual dos cursos de capacitação profissional.

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) serão realizados os cursos de Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Recursos Humanos, Almoxarife, Agente de informação Turística e Operador de Micro computador. Nesta etapa serão capacitados 270 reeducandos das unidades penais de Cuiabá, Várzea Grande e Santo Antonio de Leverger.

Nos anos de 2011 e 2012 a Funac, por meio de parcerias, promoveu a capacitação de 950 reeducandos de diversas unidades penais do Estado. Atualmente 199 pessoas atendidas no Sistema Penitenciário atuam no mercado de trabalho por intermediação da mão de obra carcerária, celebrados pela Funac com órgão públicos e empresas privadas.

Leia também:  Rodovias federais de MT terá reforço de fiscalização durante feriado de 7 de setembro

A presidente da Funac, Neide Mendonça, destaca a importância dos cursos no processo de ressocialização da população atendida e afirma que a oferta da capacitação profissional se traduz em diversos benefícios, entre eles, a oportunidade de trabalho e consequentemente de geração de renda. “Queremos que o reeducando, ao final da pena, tenha uma profissão e não reincida nas práticas criminosas”, explicou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.