Um protesto contra a decisão do Congresso de derrubar o veto presidencial à redistribuição dos royalties do petróleo levou ao bloqueio da Rodovia BR-101 Norte, na altura do km 76, em Campos dos Goytacazes (RJ), desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (8/3). Os manifestantes obstruíram a pista com pneus e atearam fogo. Segundo a concessionária Autopista Fluminense, que administra a via, o congestionamento já atinge cinco quilômetros em ambos os sentidos e nenhum desvio foi criado para desafogar o transito. Com isso, o acesso entre Campos, no norte fluminense, e o Rio de Janeiro está fechado.

Equipes da concessionária, da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal estão no local acompanhando a situação. Por enquanto, não há informações sobre feridos ou presos.

Leia também:  Após pedido do vereador Rodrigo da Zaeli repasse é feito pelo Governo do Estado para retomada de obras

A assessoria do Aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos, informou que a situação na unidade já está normalizada, assim como a do Heliporto do Farol de São Thomé. Ontem (7), manifestantes ocuparam as pistas de pouso e o saguão de embarque. Durante a ação, vidraças e divisórias da aeroporto foram destruídas, e os voos foram adiados por duas horas e meia. O Heliporto do Farol de São Thomé, principal ponto de embarque e desembarque para a Bacia de Campos, também teve suas operações interrompidas devido às manifestações.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.