Foto: Varlei Cordova/ Agora MT
Foto: Varlei Cordova/ Agora MT

Foi realizado na manhã desta terça-feira (5) a 1ª reunião oficial do Gabinete de Gestão Integrada de Rondonópolis (GGI). O foco principal do debate foi a reativação das câmeras de segurança no centro da cidade e a aquisição de tornozeleiras de monitoramento para os reeducados do sistema semiaberto.

O Tenente Coronel Atila, integrante do GGI estadual, veio a reunião representando o Secretário Estadual de Segurança Pública com o objetivo de levantar informações sobre as necessidades locais, principalmente sobre o porquê da não reativação das câmeras, que é uma responsabilidade da Prefeitura Municipal. “O principal objetivo do secretário é fortalecer os GGI’s municipais.” Afirmou ele.

Também estiveram presentes representantes dos Conselhos de Segurança da cidade, representantes das polícias rodoviária, civil, militar e Corpo de Bombeiro, além de integrantes do gabinete.

Leia também:  Motociclista é preso após furar sinal e colidir com viatura da Polícia

De acordo com o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, Major Sandro, hoje em Rondonópolis estão sendo feitos vários trabalhos com o intuito de diminuir o índice de criminalidade na cidade, com o foco principal no combate ao tráfico de drogas, porém falta planejamento em várias questões de desenvolvimento o que atrapalha o trabalho da polícia. “É necessário que haja um planejamento integrado entre os três governos, pois se não houver planejamento não será possível fazer mais do que tem sido feito” disse ele.

O delegado Regional, Henrique Meneguelo, reafirmou que a principal causa de homicídios na cidade é o tráfico de drogas, e que está em busca de melhorias para trabalhar cada vez mais em prol da população.

Leia também:  Usando o mesmo carro para cometer roubos e furtos, suspeito é preso pela Polícia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.