medica rosa monzon
A médica afirma que a falta de instrução compromete na preocupação com a saúde. Foto Varlei Cordova/AGORA MT

Orientar as mulheres sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) esse é um dos objetivos dos agentes do Posto de Saúde Familiar (PSF) da Vila Verde, que realiza nesta quinta-feira (07) um trabalho especial em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres.

A médica da unidade, Rosa Lilian Pinheiro Monzon, relata que infelizmente muitas mulheres não tem consciência das doenças que podem ser evitadas por meio de exames e acrescentou que infelizmente as DST são comuns entre as pacientes do bairro. “Ainda há muito desconhecimento das doenças e as mulheres não tem os cuidados necessários e nem procuram o PSF para atendimento”, afirmou.

A enfermeira da unidade de saúde, Maria Alice Alves Santos, afirmou que por meio desse tipo de atividade comemorativa é possível trazer mais mulheres e que graças a elas o atendimento pode ser estendido a toda família.

Leia também:  Rondonópolis participa de ato contra reformas trabalhista e previdenciária nesta sexta-feira (30)

Alice relata que os moradores ainda não tem a cultura de procurar o PSF para se prevenir e o trabalho de informação para as mulheres é mais difícil em detrimento da falta de instrução e agem como se as doenças estivessem longe da realidade do bairro.

Durante todo o dia é realizado coleta de preventivo, encaminhamento para realização de mamografia, rastreamento de DST, preventivo de câncer, pedidos para exames de acordo com as queixas da pacientes. Também foi oferecido lanche e palestras para as mulheres.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.