Afastado das discussões políticas desde o ano passado, em virtude da doença da esposa, a ex-primeira dama do município, Rose Sachetti, que passa por tratamento de câncer, o ex-prefeito e empresário Adilton Sachetti (PDT), prestigiou os companheiros de partido, os senadores Cristovam Buarque e Pedro Taques, em Rondonópolis.

Em entrevista ao AGORA MT, o ex-prefeito evitou em falar de política, limitando-se apenas a declarar que sua presença ao evento era para prestigiar o senador Pedro Taques. “Vim só como militante do PDT, para participar da palestra do senador Cristovam Buarque e para prestigiar o senador Pedro Taques, (…) até por conta que estou a mais de oito meses cuidando apenas da minha esposa, a partir de agora voltarei a me inteirar da política municipal e estadual, (…) não tenho previsão de nada, se sou candidato ou se vou apoiar alguém”, pontou Sachetti.

Leia também:  Aécio chora ao retornar para senado e diz que sofreu falsas acusações e uma criminosa armação

Questionado sobre a candidatura do compadre, o senador Blairo Maggi (PR), ao Governo do Estado nas eleições de 2014, Sachetti diz não ter conversado com o senador sobre o assunto e as conversas entre aos dois tem se limitado ao campo da amizade, sem falar de política. “Tenho conversado com Blairo Maggi, apenas como amigos, não  falamos de nada relacionado à política, ou de candidatura”, declarou o pedetista.

Filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), desde o segundo semestre de 2011, o nome do ex-prefeito, apontado como candidato a deputado federal, nas eleições de 2014.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.