Como de costume, o goleiro Bruno Fernandes chegou cedo ao Fórum Pedro Aleixo, em Contagem, na região metropolitana de Contagem. Ele chegou ao local por volta de 8h. O dia é decisivo para o jogador, que pode conhecer hoje (7) qual será seu destino.

O dia de ontem (6) foi marcado pelas revelações feitas pelo jogador durante o depoimento prestado. Ele contou que Luiz Henrique Romão, o Macarrão, teria planejado a morte de Eliza Samudio sem seu conhecimento. Bruno negou ser o mandante do crime, mas assumiu que se sente culpado pois aceitou a morte da modelo.
No relato, o atleta ainda delatou a participação de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, como executor do crime. Segundo ele, o menor Jorge Luiz Rosa foi quem contou como Eliza foi assassinada, esquartejada e teve o corpo jogado aos cães.

Leia também:  Mulher é encontrada morta dentro de casa no Jardim Morumbi

Para a sessão de hoje, estão previstos os debates entre defesa e acusação. O promotor Henry Vasconcelos é quem tem a palavra inicialmente.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.