Milhares de pessoas se concentraram hoje (3) na Praça O’Leary, em Caracas, capital da Venezuela, para manifestar apoio ao presidente do país, Hugo Chávez, e à Revolução Bolivariana. Os manifestantes foram mobilizados pela Juventude Bicentenária. “Há setores de oposição que conspiram fora e dentro do país e impulsionam ações desestabilizadoras, mas o governo nacional na Venezuela continua fazendo a pátria”, disse o dirigente da ala da juventude do Partido Socialista Unido da Venezuela, Hanthony Coello.

Os manifestantes gritaram palavras de ordem para pedir a recuperação de Chávez e expressar apoio ao presidente, que faz sessões de quimioterapia em um hospital de Caracas. Ele voltou à Venezuela em fevereiro, depois de passar por uma nova cirurgia para tratamento de um câncer em Havana, Cuba. Chávez ocupa a Presidência do país há 14 anos e sofre com um câncer na região pélvica. Não foram divulgados mais detalhes sobre a doença.

Leia também:  Coreia do Norte lança míssil em território japonês e deixa Rússia com grande preocupação

Nas ruas do município de Chacao, próximo a Caracas, facções opositoras ao governo também fizeram uma manifestação, perto da Direção Executiva da Magistratura. Participantes seguravam bandeiras do movimento Vontade Popular. O deputado Richard Blanco declarou a emissoras de televisão que o movimento reivindicava “atendimento a valores mais essenciais do ser humano que quer saber [do governo atual] a verdade”. A deputada Maria Corina Machado disse que o atual governo venezuelano “destruiu a democracia no país e provocou o seu isolamento internacional”.

O grupo de oposição Operação Soberania manifestou a disposição de fazer pressões para receber informações seguras do governo sobre o processo de recuperação do presidente Hugo

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.