Apesar de ser franco azarão nas casas de apostas para o UFC Japão, evento realizado no último fim de semana (2), o brasileiro Wanderlei Silva conseguiu impor seu ritmo e vencer o americano Brian Stann, herói da guerra do Iraque, triunfo que lhe garantiu os bônus de melhor nocaute e de luta do evento.

Mas nem tudo foi festa, como o próprio curitibano fez questão de ressaltar. O triunfo conquistado no final do segundo round impediu também que Wanderlei saísse com mais hematomas do octógono.

Após o evento, o “Cachorro Louco” publicou em sua conta no Twitter uma foto que comprova que Stan esteve longe de ser um adversário fraco. Em quase dez minutos de troca franca de golpes, o americano chegou a fazer Wand dobrar as pernas em três ocasiões.
Marcas da batalha uma das lutas mais duras da minha carreira. Brian Stan é realmente um oponente duríssimo! Obrigado papai do céu por mais essa vitória. Ela veio em boa hora!

Leia também:  União vence e assume liderança da Copa FMF

O UFC Japão marcou o retorno do brasileiro à categoria dos meio-pesados (93 kg) e ao palco que o consagrou no mundo do MMA seis anos depois do fim do Pride.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.