Foto: arquivo/AGORAMT
Foto: arquivo/AGORAMT

Ex-prefeito de Cuiabá e candidato derrotado ao governo do Estado em 2010, Wilson Santos (PSDB) retorna ao cenário político e já pretende se lançar como candidato a deputado estadual em 2014. O tucano articula pelos bastidores meios para voltar com uma boa imagem frente ao eleitorado. Ele pretende reconstruir sua imagem, desgastada após deixar a prefeitura em má situação para concorrer ao governo.

Amargurou a derrota nas urnas e ficou sem nenhum cargo eletivo. Agora, mais de dois anos depois, argumenta que pretende se eleger porque voto se conquista com serviços prestados e experiência, o que ele argumenta ter de sobra.

Nesse período que antecede a disputa eleitoral, Santos trata de, primeiramente, retomar seu papel dentro do próprio PSDB, auxiliando na reestruturação da legenda, com reuniões com diversas lideranças. Aos poucos, ele retoma a confiança dentro de casa para conseguir ter base na retomada do apoio externo, já que enfrentará uma grande batalha para conquistar uma cadeira na Assembleia.

Leia também:  Vereador Thiago Silva propõe avaliações periódicas em prédios escolares da Rede Municipal

“Tenho muita experiência e conheço todo o Estado. Voto se conquista com serviços prestados, o que eu tenho. Mas, agora, estamos ajudando a reorganizar o PSDB, participando de reuniões”, explicou o ex-prefeito.

Na busca pela retomada da vida pública, durante todo o ano passado o tucano compareceu a diversos eventos ainda atuando como se fosse um prefeito. Em pequenas reinaugurações, como no Museu da Caixa D’água, apareceu para “lançar” a restauração do prédio, na época, ao lado do também já ex-prefeito, Chico Galindo (PTB), que o sucedeu no Palácio Alencastro.

Sobre as críticas que tem recebido de que foi colaborador do aumento das dívidas da prefeitura, recentemente apresentada pelo atual prefeito, Mauro Mendes (PSB), ele declara que não entrará na seara e que, em caso de acusações, papéis devem ser apresentados. No mais, foge de qualquer prévio embate político. Primeiramente, está focado em se reerguer.

Leia também:  OAB/MT quer auditar sistema de escutas no Estado

Wilson Santos já foi deputado estadual em 1990 e se manteve no cargo por dois mandatos. Em 1998 elegeu-se pela primeira vez como deputado federal e foi reeleito em 2002. Mas sua carreira política, no entanto, foi iniciada na Câmara de Cuiabá, como vereador ainda em 1988. Anos depois, resolveu tentar o Governo do Estado, mas perdeu a eleição para Silval Barbosa (PMDB).

Foi também secretário municipal de Serviços Públicos e secretário estadual da Agricultura e Assuntos Fundiários, ainda na gestão de Dante de Oliveira. Ele nem sempre foi agremiado do PSDB, já passando pelo PDT, hoje liderado pelo senador Pedro Taques, e PMDB, do cacique Carlos Bezerra.

Leia também:  Presidente da Câmara busca parceria com instituição para oferecer cursos de qualificação para servidores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.