O espanhol Fernando Alonso teve a chance de brigar pela pole position para o GP do Bahrein, mas errou em sua última tentativa de volta rápida e acabou com o terceiro lugar. O bicampeão vai largar ao lado do companheiro Felipe Massa, que sairá com pneus duros e deverá demorar mais para ir aos boxes. Nada que preocupe o espanhol, que disse confiar no ?escudeiro?, pelo menos na primeira volta.

“É uma grande notícia que Massa saia na mesma fila que eu. Seria pior se fosse o Hamilton, porque ele me atacaria na primeira curva”, declarou Alonso à imprensa espanhola, lembrando que Lewis Hamilton só perdeu a quarta colocação devido a uma punição por ter aberto a caixa de câmbio.

Leia também:  Seleção masculina de futsal brasileira disputará amistosos em Mato Grosso

Alonso largará com pneus médios e deverá ser mais rápido que Massa nas primeiras voltas. Mas os compostos do brasileiro deverão durar mais, e a ameaça interna ao espanhol só deverá se concretizar depois das primeiras voltas.

Apesar disso e do erro na hora de disputar a pole, Alonso se disse satisfeito com o resultado dos treinos: “O carro se mostrou muito competitivo, tanto nos treinos da manhã quando no Q1, no Q2 e no Q3. É outro fim de semana que começamos com o pé direito. O objetivo é o pódio”, avisou.

Sobre o erro na última volta do treino, Alonso se explicou e disse que foi uma manobra premeditada: “Tentamos completar a segunda volta, mas na última curva vimos que estávamos perdendo um décimo ou meio, então preferimos economizar um pouco os pneus”.

Leia também:  Judoca brasileira vence adversária com 11 segundos e se torna a bicampeã mundial

No geral, o desempenho da Ferrari no treino deixou o espanhol otimista: “Saímos em terceiro e quarto, e assim temos que fazer uma corrida forte. Cuidas dos pneus será seguramente um fator chave. Nos domingos, costumamos ser melhores e, se já largamos entre os três primeiros, as sensações são muito, muito boas”.

Grid de largada para o GP do Bahrein

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min32s330
2. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 1min32s584
3. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1min32s667
4. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1min33s207
5. Paul di Resta (ESC/Force India) – 1min33s235
6. Adrian Sutil (ALE/Force India) – 1min33s246
7. Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1min33s078*
8. Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) – 1min33s327
9. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min32s762*
10. Jenson Button (ING/McLaren) – sem tempo no Q3
11. Romain Grosjean (FRA/Lotus) – 1min33s762
12. Sergio Pérez (MEX/McLaren) – 1min33s914
13. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) – 1min33s974
14. Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) – 1min33s976
15. Valtteri Bottas (FIN/Williams) – 1min34s105
16. Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso) – 1min34s284
17. Pastor Maldonado (VEN/Williams) – 1min34s425
18. Charles Pic (FRA/Caterham) – 1min35s283
19. Jules Bianchi (FRA/Marussia) – 1min36s178
20. Giedo van der Garde (HOL/Caterham) – 1min36s304
21. Max Chilton (ING/Marussia) – 1min36s476
22. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) – 1min34s730*

Leia também:  Atleta da Seleção brasileira de Hóquei é assassinado com tiro na nuca em SP

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.