As promoções de policiais militares e bombeiros, independentemente da graduação ou posto, deverão obedecer ao critério da proporcionalidade de uma vaga por merecimento e três vagas por antiguidade. O projeto, de autoria do deputado Walter Rabello (PSD), determina que o critério de antiguidade prevaleça nas duas corporações.

A proposta foi aprovada, ontem, em primeira votação, na Assembleia Legislativa e deve ter votação concluída nas próximas sessões ordinárias da Casa de Leis. Rabello disse que busca alterar a proporcionalidade para garantir ao militar estadual mais antigo expectativa de progressão de carreira. “Dessa forma atendemos a uma antiga reivindicação das duas categorias e acabamos com a promoção fora de hora”.

O projeto de lei atinge todo o quadro de efetivos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado. “Mesmo prevalecendo o senso geral de abnegação, dedicação e responsabilidade no desempenho das funções estímulos adicionais são bem vindos, quanto mais sendo antigos anseios das duas corporações”.

Leia também:  Para cobrar melhorias na infraestrutura de penitenciária detentos fazem greve de fome
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.