Atletas em quadra e perfilados para o público. Tocha olímpica. Juramento do atleta e de cara dois jogos movimentando a rodada. A abertura da 24ª Tacinha Araguaia de Futsal masculino e feminino na noite de sexta-feira (05/04) abre um novo ciclo esportivo no município de Alto Araguaia (208 km de Rondonópolis). Organizada pela prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, Turismo, Cultura e Lazer (SEMEL) é a competição responsável por revelar atletas, visto que é disputada por garotos com idade entre 04 e 16 anos.

A Tacinha 2013 bate um recorde. Com 57 equipes, maioria delas do município, mas como representantes de Alto Taquari e Alto Garças, reúne cerca de 680 atletas. Em disputa, as categorias juvenil 96/97, infantil 98/99, mirim 2000/2001, pré-mirim 2002/2003 e fraldinha 2004/2005, além do futsal feminino que é livre.

Leia também:  Alto Taquari | Candidatos de processo seletivo devem ser excluídos após indícios de certificados falsos

A cerimônia de abertura deu-se na Quadra Antônio Faria da Costa, no Bairro Boiadeiro. Contou com a participação do vice-prefeito Américo Alves Filhos (PSD) representando o prefeito Maia Neto (PR), que estava em Cuiabá; chefe de gabinete Jovelino de Souza Lelis Filho, o Zarú; secretário Maciel Aurélio Peruchi e integrantes da SEMEL, além de profissionais do Conselho Tutelar de Alto Araguaia.

O grande motivo da Tacinha é justamente a participação e o envolvimento dos pais. Fora das quatro linhas da quadra, são justamente eles que proporcionam o maior espetáculo. Gritam, incentivam, orientam e se pudessem entravam em quadra para ajudar o filho no lance, na jogada. O próprio secretário Maciel Peruchi credita que um dos pontos da Tacinha, além de oportunizar a revelação de talentos, é justamente o envolvimento familiar.

Leia também:  Acerto de Contas | Homem é morto a tiros dentro de oficina de moto

“O objetivo é de levar e promover o esporte, o lazer e o entretenimento aos esportistas e comunidade de Alto Araguaia. É um período dedicado futsal como instrumento de revelação de atletas bem como a oportunização de o futsal feminino desfilar seu talento em quadra. É um momento de oportunizar que os futuros craques mostrem seus talentos e de os pais interagirem e incentivar fora de quadra”, disse.

Primeiros jogos e os futuros talentos
Jogadas de efeito. Entrosamento e bonitos gols. Os dois jogos da abertura de Tacinha foram apenas a primeira mostra de como serão os jogos até a fase final. E justamente pelo talento e pela ousadia na jogada, o atleta Lucas Santos Silva, da Escolinha do Bairro Aeroporto, já entrou para a história da edição 2013 da competição ao marcar o primeiro gol aos 12min52s do primeiro tempo na goleada de 6 a 2 diante o Lenga Lenga. Na segunda partida da noite a equipe Galatasarai fez 5 a 2 no Objetivo. Os dois jogos foram pela categoria juvenil.

Leia também:  Alto Taquari | Candidatos de processo seletivo devem ser excluídos após indícios de certificados falsos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.