O armador Helinho, ex-seleção brasileira e jogador da equipe do Unitri, de Uberândia, que disputa o NBB, fraturou a face em colisão com companheiro de equipe durante treino realizado na última segunda-feira. Ele deixou a quadra com a camisa ensanguentada e carregado por atletas do time.

Helinho, filho de Hélio Rubens, ex-técnico da seleção e técnico do Unitri, foi levado às pressas para o Hospital Santa Catarina, na cidade mineira, e internado na UTI do local, na qual continua na manhã desta terça-feira, segundo a assessoria do hospital. não há previsão de liberação.

O armador não corre risco de morte e não sofrerá sequelas, apesar de parte da face ter sofrido uma pequena deformação, com um afundamento.

Leia também:  Eurico Miranda é afastado da presidência do Vasco por ser acusado de apoiar vandalismo de torcida

O choque do armador ocorreu contra o pivô Estevam, de 2,11 m – Helinho tem 1,83 m de altura. O armador levou a pior no lance e ficou inconsciente. Segundo o clube, não houve maldade no lance, que foi “ocasional”.

De acordo com Hélio Rubens, em contato com o UOL Esporte, a situação deu um “susto” em todos no treino. “Foi difícil, porque abriu a lesão e sangrou muito. Mas a ajuda foi rápida, ele fez uma ressonância que não mostrou nenhuma lesão mais grave, então diminuiu a preocupação”, contou. “Ele passou a noite em observação, mas está melhor. Acredito que tenha alta até amanhã (quarta-feira), mas depende do médico”, disse o técnico e pai do jogador.

Leia também:  Corinthians vence o Fluminense de virada e se torna campeão brasileiro pela sétima vez

Segundo Rubens, o lance que ocasionou a lesão foi “totalmente sem intenção”. O Estevam estava até de costas, mas com os braços abertos. O Helinho foi tentar pegar a bola em uma disputa e o cotovelo do Estevam pegou bem com a ponta no rosto dele”, explicou. O técnico afirmou que não há previsão para que Helinho volte aos treinos da equipe.

A equipe do armador aparece atualmente na terceira colocação da liga nacional, com 22 vitórias em 31 jogos, atrás apenas de Flamengo, o líder, e Brasília.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.