Atleta Alan Diegon - Foto: Angélica Angeli / correspondente AGORA MT
Atleta Alan Diegon atualmente vive em Taubaté – Foto: Angélica Angeli / correspondente AGORA MT

O jovem atleta de Campo Verde, Alan Diegon, de 20 anos, já tem muita história para contar. O atleta, que desde 2009, faz parte da Seleção Brasileira de Handebol. O esporte entrou na vida do atleta há sete anos, através da escolinha esportiva de Handebol, implantada pelo ex-prefeito Dimorvan Alencar Brescancim. Alan teve como seu primeiro técnico e professor Rigoberto Ximenes e foi motivado pelo ex-secretário de Esportes e Lazer, Joami Cabeleira. Desde então, vem se destacando na modalidade. Atualmente, ele mora na cidade de Taubaté – SP e pretende em breve cursar uma faculdade. “Foi através da escolinha que eu comecei e iniciou a paixão pelo handebol. Logo depois surgiram outras oportunidades”, disse.

Leia também:  José Aldo terá a revanche pelo cinturão contra o atual campeão Max Holloway

Antes de chegar a Campo Verde, Alan participou do Campeonato Panamericano Júnior, em Mar del Plata, na Argentina. A Seleção Brasileira venceu a Argentina por 25 a 21.

Com o apoio da Prefeitura para disputar grandes campeonatos, Alan em 2008 foi convidado para fazer parte da seleção de Sorriso, que sempre foi uma das melhores do Brasil. Com muito esforço e dedicação em 2009 foi convocado para fazer parte da equipe da Seleção Brasileira e está até hoje.

Mesmo contando com o apoio dos amigos e professores, seguir com o Handebol não foi fácil na vida desse jovem, porém o sonho era grande de fazer parte da Seleção Brasileira de Handebol. Quando indagado sobre a situação do esporte no município, Alan diz que percebeu que muitas escolinhas esportivas não estão funcionando. “É uma pena que as escolinhas acabaram. A Prefeitura tinha que continuar com o trabalho que vinha sendo feito, pois ajudava muitas crianças e adolescentes. Campo Verde é reconhecida em muitas modalidades, nas categorias de bases. Isso não pode se perder”, lamenta.

Leia também:  Flamenguistas são detidos por jogarem bombas em porta de hotel de time adversário

Alan deixa uma mensagem de incentivo aos jovens atletas. “Não desistam de seus sonhos. Continuem treinando, nem que for nas escolas, e aproveitem as oportunidades. Para os jovens que querem conquistar o espaço dentro do esporte, a dica é treinar muito, pois só através do treino e do estudo é que conseguimos chegar ao lugar desejado”, aconselha.

O jovem que joga na meia-esquerda e tem a camisa 17 da Seleção Brasileira, está ansioso para se juntar novamente ao grupo e disputar o campeonato mundial, que acontecerá em julho na Bósnia. “Estou muito feliz por ter a oportunidade de fazer parte da seleção novamente. Espero usar esta experiência para me firmar cada vez mais no grupo. Meu sonho é participar das Olimpíadas em 2016”, contou.

Leia também:  Seleção masculina de futsal brasileira disputará amistosos em Mato Grosso

Alan fez parte da seleção de Sorriso até 2010. Em 2011 foi para Itapema – SC e em 2012 se mudou para Taubaté – SP, onde joga profissionalmente para o TCC Tarumã Unimed Taubaté, considerada uma das melhores equipes do Brasil, na modalidade do Handebol.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.