Menos de um mês após a humilhante derrota de 5 a 1, no Ba-Vi que marcou a inauguração da Arena Fonte Nova, o Bahia voltou a ser derrotado pelo Vitória na tarde deste domingo, no mesmo local, em duelo válido pela última rodada da segunda fase do Campeonato Baiano. Desta vez, os rubro-negros venceram de forma apertada: por 2 a 1.

Revoltados, torcedores tricolores começaram a atirar caxirolas – espécie de chocalho criado para ser a vuvuzela brasileira durante a Copa de 2014 – dentro de campo, ainda no primeiro tempo, o que pode prejudicar o Bahia na sequência da competição caso seja aplicado algum tipo de punição.

Apesar da derrota, o Bahia está classificado para as semifinais do Estadual. Enfrentará o Juazeiro, que terá vantagem de jogar a segunda partida como mandante, já que terminou na primeira colocação do grupo.

Leia também:  Odil Soares é o mais novo Técnico do Luverdense

Já o Vitória, apesar do resultado positivo, também ficou em desvantagem na semifinal, já que terminou na vice-liderança da sua chave, atrás do Juazeirense.

Quem abriu o placar na Arena Fonte Nova foi Michel, aos 20min. Renato Cajá cobrou escanteio na área, Victor Ramos cabeceou na trave; no rebote, a defesa do Bahia ficou parada e o volante encheu o pé para balançar as redes.

Já o segundo veio aos 32. Cajá lançou para Maxi, que deixou de calcanhar para Mansur. O lateral mandou para as redes e marcou um belo gol na Arena Fonte Nova.

O Bahia descontou logo após o intervalo, aos 7min. Após cruzamento na área, Deola falhou e Titi mandou para as redes, ‘colocando fogo’ na partida e reanimando a torcida tricolor.

Leia também:  Flamenguistas são detidos por jogarem bombas em porta de hotel de time adversário

Aos 37min, Deola se redimiu e, com a ponta dos dedos, evitou o que seria o gol de empate do Bahia, após cruzamento de Talisca que surpreendeu o goleiro rubro-negro.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.