Cabelereira durante o trabalho em Campos Verde - Foto: Angélica Angeli / correspondente AGORA MT
Cabelereira Joana durante o trabalho em Campo Verde – Foto: Angélica Angeli / correspondente AGORA MT

O mercado da beleza é um dos que mais cresce no Brasil. Ocupando a terceira posição no ranking do consumo, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão, o Brasil apresenta constante crescimento na área. Em Campo Verde isso não está sendo diferente e cresce em ritmo acelerado.

Uma loucura!, é o que diz Joana Moureira Magalhães Pedrozo, sobre o movimento em seu salão nos últimos anos. E esse fenômeno não é exclusividade da micro empreendedora Joana. Conhecidos como templos da vaidade e da fofoca feminina, os salões de beleza são, antes de tudo e para muita gente, bons negócios.

O setor de cuidados especiais tem se expandido muito há alguns anos no município, motivado pelo crescimento econômico e ascensão de milhares de brasileiros. Campo Verde não destoa do ritmo nacional e apresenta, espalhados por toda a cidade, estabelecimentos que oferecem serviços de cabeleireiro, manicure e pedicure, massagem corporal, entre outros itens relacionados a beleza, estética e vaidade. Alguns deles pequenos e ainda no início, outros com decoração moderna e investimentos vultuosos, que garantem sucesso ao longo dos anos.

Leia também:  Morre aos 71 anos o Doutor Elmo Bertinetti em Rondonópolis

Segundo a secretária de Indústria, Comércio e Turismo, Sandra Alves, de 2010 até hoje 106 empreendedores individuais abriram novas empresas (em atividade) no ramo da beleza e estética. Isso sem contar, é claro, os prestadores de serviço que atendem a domicílio e as centenas de empresas que já existiam no município, que não estão inclusas no levantamento citado.

Joana é cabeleireira há dois anos e comanda o salão ao lado de sua sobrinha Beatriz. Ela conta que a procura por serviços de beleza tem sido grande. “O mercado está crescendo muito rápido, pois está aumentando o número de pessoas que buscam pelo serviço. Hoje atendemos crianças, mulheres e homens. Até os homens estão se cuidando e procuram para fazer unha também”, contou.

Leia também:  Tributo lembra 1 ano da morte do Padre João Paulo

Joana lembra que hoje é uma profissional realizada graças aos cursos oferecidos pela Prefeitura Municipal, na gestão do ex-prefeito Dimorvan Alencar Brescancim. “Fiz o curso de manicure e pedicure pelo Senac em 2010, depois fiz o de cabeleireira em Cuiabá e não parei por aí. Fiz outro curso, o de depilação, pelo Senac, ofertados no CRAS.  Graças ao apoio de Dimorvan e da ex-primeira dama e secretária de Ação e Promoção Social, Leide Brescancim, eu deixei de ser uma dona de casa e hoje sou uma empresária realizada e feliz”, relata.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.