No meio da trilha — aberta com cuidado na mata fechada para preservar o Cerrado —, uma ponte de madeira. Alguns metros adiante, uma rampa íngreme. A coleção de obstáculos artificiais pode intrigar quem arrisca uma caminhada pela chácara localizada às margens da BR-060, no caminho para Goiânia. As intervenções, no entanto, integram um projeto inédito: é o início de um circuito de Mountain bike, no primeiro centro de treinamento da modalidade do Centro-Oeste.

Quem pratica o ciclismo de montanha em Brasília sabe que os melhores lugares para treinar ficam um longe. Seja nas trilhas da Fercal ou da Taboquinha, no Lago Sul, os atletas percorrem distâncias consideráveis para encontrar o pedal perfeito. Foi pensando nisso que a equipe de mountain bike ICE resolveu construir um local específico para preparar e reunir os atletas. O centro de treinamento contará com 18km de trilhas, com obstáculos naturais e artificiais, além de acomodações com sauna e mesas de massagem.

Leia também:  De virada inédita, Cuiabá Arsenal vence Tubarões do Cerrado

A motivação, segundo o idealizador do projeto, Alberto Jara, é preparar os ciclistas para as olimpíadas de 2016, na modalidade cross country. “O atleta vai poder fazer uma imersão no circuito olímpico, treinar por semanas e ter um intensivo de técnica e força. Hoje, os ciclistas têm de se deslocar muito para treinar, o que dificulta a preparação”, explica Jara. Com quase metade das obras concluídas, o centro ficará pronto no fim de maio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.