Foto: J. Durehanm / Stock.Xchng
Foto: J. Durehanm / Stock.Xchng

Segundo o dentista José Eduardo Pelino, problemas nos dentes podem trazer desconforto e diminuição da auto-estima, impedindo o paciente de sorrir despreocupadamente. Confira dicas para sorrir sem medo em todas as idades:

Sorriso de Crianças

Estimular as crianças a cuidarem da higiene bucal desde cedo ajuda a promover a saúde da boca, pois a limpeza dos dentinhos de leite contribui para que os permanentes sejam mais saudáveis. É muito importante estimular os pequenos a fazerem a higiene bucal – e essa não é uma tarefa fácil. Para ajudar, a dica é tornar esse momento prazeroso, utilizando produtos indicados para crianças que proporcionem diversão. Outra dica importante é levar as crianças ao dentista regularmente, duas vezes ao ano, antes mesmo do surgimento do primeiro dentinho. Também é fundamental estimular a escovação após todas as refeições, assim a criança irá tornar isso um hábito. Vale lembrar que a partir dos seis anos de idade a criança desenvolve maior coordenação motora e já pode usar o fio dental e enxaguatório bucal.

Leia também:  Conheça a planta que combate estrias

Sorriso de Adolescentes

Os adolescentes tendem a ter mais displicência com a saúde bucal — quando, na verdade, deveriam ter um cuidado redobrado. Principalmente os que usam aparelhos, pois a placa bacteriana se acumula na estrutura, aumentando a proliferação de bactérias e a possibilidade de desenvolver doenças bucais, como a gengivite. Além disso, nesses casos é comum que a escovação não alcance regiões da boca que antes do aparelho eram fáceis de limpar. Para evitar cáries, manchas e problemas na gengiva, além da escovação diária, o uso do fio dental e do enxaguatório se faz fundamental, evitando assim a proliferação de germes e auxiliando no combate ao mau hálito, deixando a boca limpa de verdade.

Leia também:  Pais não deveriam dar suco de fruta antes de 1 ano, dizem experts

Sorriso de Adultos

O sorriso é a porta de entrada em muitos momentos como na conquista ou em entrevistas, por exemplo. Mas, além disso, uma boca cuidada impacta diretamente na saúde do corpo: a falta da higiene bucal pode gerar uma série de doenças como consequência, como problemas no coração, por exemplo.

Com a rotina corrida, os adultos podem deixar a manuteção dos dentes em segundo plano. Todos devem lembrar que a importância dos cuidados bucais para uma saúde completa é fundamental e devem separar um tempinho para realizar os três passos básicos: o uso correto da escova, do fio dental e do enxaguatório bucal — de manhã e à noite.

Leia também:  Ministro da Saúde libera vacina da gripe para todos os brasileiros a partir de segunda-feira (05)

Sorriso de Idosos

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde Bucal — 2010 o percentual de idosos (de 65 a 74 anos) sem nenhum problema periodontal (gengiva inflamada e possível perda dos tecidos que suportam os dentes) é de apenas 1,8%. Isso acontece, pois, com o passar dos anos, as pessoas tendem a ficar com os dentes sensíveis e vulneráveis a problemas dentários — e, se os cuidados com o sorriso não foram feitos desde a infância, é ainda mais difícil o tratamento na 3ª idade. Além dos cuidados básicos de escovação, fio dental e enxaguatório, as visitas ao dentista devem ser mais frequentes nessa idade. Outro ponto importante é o cuidado com próteses e tratamentos como canais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.