A maioria das crianças já sabe qual o livro vão levar para a casa. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
A maioria das crianças já sabe qual o livro vão levar para a casa. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

“É muito grande a procura por livros infantis”, são unanimes em afirmar a supervisora de venda, Rilma Ferreira Viana, e a proprietária de livraria, Paula Campos, que destacam a enorme variedade de livros a disposição dos leitores mirim. Nesta terça-feira (02) é comemorado o Dia Mundial do Livro Infanto-Juvenil.

Rilma destaca que atualmente há muitos livros da literatura brasileira que são adaptados em forma de quadrinho para chamar a atenção de crianças de faixa etária de 8 a 10 anos, como por exemplo, O Alienista, de Machado de Assis. “A procura por literatura brasileira tem crescido muito, principalmente as adaptações, onde é oferecido um reencontro entre as crianças e os livros da cultura do nosso país”, frisou a supervisora.

Leia também:  Finanças apresenta prestação de contas à sociedade

Histórias como O Gato de Botas e Soldadinho de Chumbo foram reproduzidas, por Maurício de Souza, com os personagens da Turma da Mônica, e segundo Paula Campos a procura foi tamanha que praticamente acabar com no estoque da livraria nesse período da Páscoa, onde muitas crianças preferiram ganhar livro a ovos de chocolate.

“Hoje entrou na livraria uma mãe com um filho, onde a criança pediu um livro como recompensa por ter arrancado um dente. É comum os pais trazerem filhos de aproximadamente 3 anos a loja e a maioria já sabe qual livro quer levar para casa”, frisa Paula.

Laura Janeysa Ferreira, mãe de um garoto de 2 anos, afirma que há pelo menos um ano tem o hábito de ler para o filho e percebe o interesse pelos livros, onde a criança já reconhece as figuras e conta histórias para os pais, como se tivesse lendo.

Leia também:  Feriado de 7 de setembro terá transporte público gratuito para a população
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.