Cadeia Femenina
Com o apoio da Polícia Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e prestou atendimento as detentas que passaram mal com a fumaça dos colchões. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Detentas da cadeia pública feminina de Rondonópolis realizaram um motim no final da manhã desta quarta-feira (10), o manifesto durou cerca de 1h30 onde as internas cobraram alguns direitos.

Em decorrência da greve dos agentes penitenciários, alguns benefícios, como as visitas que costumam ocorrer nas quartas-feiras foram suspensas e por essa razão as 127 detentas começaram a protestar e queimaram alguns colchoes da cadeia.

Com o apoio da Polícia Militar o motim foi suspenso e as quatro detentas que deram início ao protesto foram encaminhadas para o isolamento e as demais retornaram as celas.

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e prestou atendimento as detentas que passaram mal com a fumaça dos colchões.

Leia também:  Após rondas, PM prende homem com mandado de prisão em aberto

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=qVp_2WLtf_I[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.