suspeitos boston
Tamerlan, de 26 anos, e Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos – Foto: Reprodução Internet

 

Uma delegação da Embaixada dos Estados Unidos em Moscou, na Rússia, viajou para a região do Daguestão. Os diplomatas foram orientados pelo governo norte-americano a conversar com os pais dos suspeitos do duplo ataque na Maratona de Boston – Tamerlan, de 26 anos, e Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos.

As explosões ocorreram no dia 15 deste mês, matando três pessoas e ferindo cerca de 200. Os diplomatas trabalharão em conjunto com o FBI, a Polícia Federal dos Estados Unidos, e autoridades russas.

As investigações sobre as explosões estão em curso. O estudante Dzhokhar Tsarnaev, que se recupera em um hospital de Boston, disse aos policiais que ele e o irmão agiram sozinhos, que não há ligação com grupos terroristas.

Leia também:  Garoto de 4 anos fica traumatizado após presenciar avô sendo morto em ataque

A República do Daguestão foi independente de 1919 a 1921, depois foi reintegrada à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). É uma das maiores áreas da Rússia, uma região multiétnica onde há mais de 30 línguas. A grande maioria dos habitantes é de tradição muçulmana.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.