Vereadores conversam do lado de fora da Policlínica com a secretária Marildes - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Vereadores conversam do lado de fora da Policlínica com a secretária Marildes – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Os vereadores de Rondonópolis visitaram a Policlínica da Vila Operária na manhã desta terça-feira (9) para ouvir reivindicações e verificar ‘in loco’ a estrutura do prédio. Funcionários do local e os próprios pacientes reclamam até da falta de coisas básicas como um bebedouro e banheiros.

O vereador Jailton do Pesque Pague (PDT) explicou que os principais problemas apresentados também são em relação à hidráulica, elétrica e forro. “Para se ter ideia dos problemas basta ver que os funcionários tem que trazer água de casa para poder beber, os banheiros não funciona direito porque tinha defeitos hidráulicos e nas fechaduras”, diz.

Segundo o vereador Thiago Silva (PMDB) a estrutura do prédio é muito antiga e que além de reformas é preciso também de ampliação. “Quando a Policlínica foi inaugurada a demanda era menor, atendia apenas uma pequena região. Agora o serviço se estende até pessoas que vivem próximo ao Anel Viário. Para atender essa nova realidade é preciso uma ampliação para que no futuro próximo se torne um Pronto Atendimento”, fala.

Leia também:  Fuga em massa na Mata Grande, muro é explodido e 32 fogem

Os vereadores vão fazer uma indicação e encaminhar para o órgão responsável para que haja uma solução imediata. A Secretária de Saúde, Marildes Ferreira, que também participou da visita afirmou que a questão da água e dos banheiros serão resolvidos ainda essa semana e que os outros problemas serão solucionados com a reforma que deverá estar dentro do orçamento disponível  de R$ 335 mil.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.