A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) receberá, até dia 24 de maio, as contribuições dos estudos preliminares que determinarão as regras da concessão à iniciativa privada o trecho ferroviário compreendido entre Lucas do Rio Verde e Campinorte (GO), denominada Ferrovia Integração Centro-Oeste (Fico). O projeto integra o programa de investimentos em logística, anunciado pelo governo federal no ano passado. No site da ANTT, o interessado encontra formulário eletrônico para o envio das sugestões, além de poder analisar os dois relatórios de estudos preliminares sobre o empreendimento.

O traçado escolhido para a ferrovia tem extensão de aproximadamente 1.065 quilômetros e se encontrará com a Ferrovia Norte-Sul. O percurso passa por 16 municípios, dos quais sete localizados em Goiás (Aruanã, Nova Crixás, Crixás, Pilar de Goiás, Santa Teresinha de Goiás, Nova Iguaçu de Goiás e Campinorte) e nove em Mato Grosso (Lucas do Rio Verde, Sorriso, Nova Ubitarã, Paratinga, Gaúcha do Norte, Água Boa, Canarana, Nova Nazaré, Cocalinho).

Leia também:  Corregedoria da PM diz que 'Núcleo de Inteligência' foi criado para fazer interceptações ilegais

A coleta dessas informações faz parte de um processo que antecede os estudos de viabilidade econômica, cujo fechamento é esperado para os próximos meses. Nesta semana, conforme Só Notícias informou, o governo estadual promoverá audiência pública em Cuiabá, no dia 10 de maio, para debater sobre a implantação da rodovia. “O que queremos é que as nossas considerações, em relação ao projeto, não seja apenas por meio eletrônico. Vamos solicitar tomada de subsidio presencial em Lucas do Rio Verde e Água Boa”, destacou o secretário Extraordinária de Estado de Acompanhamento da Logística Intermodal, Francisco Vuolo.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.