O site “Italiaracing” afirma que a FIA ordenou que a Red Bull, Lotus e Mercedes, três das quatro equipes que lideram o Mundial de construtores façam alterações em seus carros para o GP da China da semana que vem.

Segundo a publicação italiana, o splitter (prolongação da parte dianteira do assoalho que fica entre as rodas e atrás do bico) dos modelos destes três times é muito flexível. Este tipo de artifício é usado para que a peça fique mais baixa com o carro em movimento, através da própria pressão exercida pelo ar, aumentando a eficiência aerodinâmica.

O problema teria sido constatado pela entidade na inspeção após o GP da Malásia e, apesar de não gerar punições, fez com que as três equipes fossem avisadas da necessidade de alterações para a prova de Xangai.

Leia também:  Atleta da Seleção brasileira de Hóquei é assassinado com tiro na nuca em SP

A Red Bull lidera o campeonato de construtores com 66 pontos, 16 à frente de Lotus e Ferrari e a 19 da Mercedes. O GP da China acontece no próximo dia 14 de abril

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.