O patrimônio do ex-presidente da África do Sul e Prêmio Nobel da Paz, Nelson Mandela, é alvo de disputa entre suas filhas e seus amigos. Duas filhas de Mandela tentam na Justiça garantir o direito de administrar fundos de investimentos do pai. Mas o advogado e amigo de Mandela, George Bizos, disse que vai recorrer da ação das filhas do ex-presidente.

A disputa envolve os fundos Harmonieux Investment Holdings e da Magnifique Investment Holdings estimados em cerca de US$ 1,7 milhão. Os fundos em disputa pertencem apenas a uma parte da herança de Mandela.

Em comunicado, Bizos informou sobre a decisão de recorrer e disse que as filhas de Mandela usaram expressões queixosas e grosseiras. As duas filhas de Nelson Mandela, Makaziwe e Zenani, acusam Bizos, o ministro da Habitação, Tokyo Sexwale, e um advogado assumirem a administração dos fundos.

Leia também:  EUA e Coréia do Sul causam clima de tensão com exercícios militares

Porém, Bizos, Sexwale e o advogado dizem ter sido nomeados pelo próprio Nelson Mandela. Aos 94 anos, o ex-presidente não se pronunciou sobre o litígio. Bizos acompanha Mandela desde os anos 1960, quando o defendeu no julgamento e o ex-presidente escapou da pena de morte.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.