Os gestores públicos de Rondonópolis e outros 16 municípios da região Sul de Mato Grosso vão conhecer o Projeto de Qualificação Ação Integrada destinado aos trabalhadores que foram submetidos a condições análogas à escravidão. Articulado pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Mato Grosso e lançado em 2009, junto com a Procuradoria Regional do Trabalho – 23ª Região, conta com diversas parcerias firmadas junto a entidades públicas e privadas.

O projeto tem por objetivo ‘criar condições e propor iniciativas que promovam modificação social, educacional e econômica dos trabalhadores retirados da condição de trabalho escravo ou de situações de vulnerabilidade’. O interesse é ‘impedir a reincidência desses trabalhadores em situações degradantes, eliminar fatores que causam a vulnerabilidade e resgatar a dignidade dessas pessoas’.

Leia também:  Novo convênio garante descontos diferenciados para associados ACIR

A apresentação no auditório da prefeitura de Rondonópolis, na tarde desta quarta-feira (10), conta com a presença do superintendente do Trabalho em Mato Grosso, Valdiney Antonio de Arruda, e da procuradora substituta do Trabalho no Estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.