O Google lançou nesta segunda-feira (29) o serviço Google Now para o sistema operacional iOS, da Apple. Por meio de uma atualização no aplicativo de busca do Google, usuários de iPhone e iPad agora podem ter acesso ao serviço antes apenas disponível para a plataforma Android.

Conforme a companhia, o Google Now para iOS é exatamente o mesmo do Android, embora certos detalhes, como a opção de abrir o aplicativo ao pressionar o botão “Home”, não funcionem no ecossistema da Apple.

O Google Now busca informações do usuário por meio de todos os serviços do Google. Por isso, usuários de iPhone que já possuem contas no Google, como o Gmail, podem ter acesso a quase todas as funcionalidades do Google Now disponíveis no Android. Porém, conforme o site “TechCrunch”, alguns cartões do Google Now não estão disponíveis na versão para iOS.

Leia também:  Tragédia com deslizamento de terra e enchente confirma mais de 300 mortes em Serra Leoa

Em entrevista à agência “Efe”, o vice-presidente de engenharia do Google, Scott Huffman, disse que o Google Now para iOS não terá o serviço de notificações em tela. Porém, ele garantiu que chegará em breve aos usuários de iPhone, iPod touch e iPad.

Com o Google Now, o usuário não precisa pedir informações ao telefone. Elas surgem automaticamente pelo histórico de localização do celular e por meio de dados fornecidos pelo usuário ao Google. O serviço traz cartões com informações úteis: previsão do tempo, endereço do próximo compromisso, direções de caminho, alertas de trânsito etc.

O Google Now usa e armazena o histórico de localização do usuário para emitir alertas de trânsito e direções. O aplicativo também acessa informações guardadas em produtos do Google, como calendário e Gmail, para enviar lembretes e sugestões, além de usar dados de produtos terceiros com a permissão de acesso pelo usuário.

Leia também:  Mais de 20 países fazem substituição do cigarro tradicional por eletrônicos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.