Uma grave lesão chocou espectadores e jogadores durante a partida entre Louisville Cardinas e Duke Blue Devil, na noite deste domingo, em partida válida pelas quartas de final do campeonato universitário norte-americano. Ao tentar bloquear um arremesso da linha de três pontos, Kevin Ware, do Cardinals, sofreu uma fratura exposta na perna direita ao cair no chão.

No mesmo instante, alguns companheiros de Ware e jogadores do time adversário começaram a chorar em quadra. Outros quase vomitaram. Até o experiente técnico Rick Pitino teve que secar as lágrimas.

Veja mais: Miami supera desfalques de Lebron e Wade e bate o San Antonio no fim

Ware, de 20 anos, no entanto, parecia preocupado apenas com o jogo. Enquanto recebia atendimento médico ao lado da quadra, gritava para seu time “ganhem o jogo, ganhem o jogo”.

Leia também:  Judoca brasileira vence adversária com 11 segundos e se torna a bicampeã mundial

Fiquem tranquilos. Vão me operar e estou bem. Ganhem a partida por mim – pediu o jogador antes de deixar o ginásio em uma ambulância.
O Louisville Cardinas venceu o jogo por 85 a 63 e garantiu sua vaga no Final Four. A vitória, logicamente, foi dedicada ao jogador lesionado. Chane Behanan, amigo pessoal de Ware, vestiu sua camisa de número 5 ao fim do jogo.

No hospital, logo após uma cirurgia que durou duas horas, Kevin Ware recebeu em seu quarto o troféu de campeã do Meio Oeste. O jogador também recebeu apoio pelo Facebook. A foto em que aparece na maca ganhou mais de cinco mil curtidas, enquanto a imagem em que aparece após a operação tem mais de duas mil.

Leia também:  Brasileira leva ouro em natação e se torna a 1° campeã mundial do país
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.