A proibição de expor ao público cigarros e outros produtos relacionados ao tabaco nas prateleiras das grandes lojas na Escócia entrou em vigor nesta segunda-feira (29), em uma tentativa de reduzir o hábito de fumar entre os jovens.

De acordo com a agência de notícias EFE, citando a “BBC”, o secretário de Estado de Saúde da Escócia, Michael Matheson, declarou que a iniciativa ajudará os jovens a não se viciarem em tabaco. Pela atual legislação escocesa, a venda de cigarros em máquinas também está proibida desde 2010 e as lojas que não cumprirem a nova lei poderiam ser processadas ou multadas.

Esse tipo de medida já foi adotada anteriormente na Inglaterra, no País de Gales e na Irlanda do Norte, onde é proibido grandes lojas exibirem maços de cigarros de tabaco ao público.

Leia também:  Japonesa perde título de princesa após anunciar noivado com plebeu

A chamada “Estratégia de controle do cigarro”, implementada pelo governo escocês, também apoia a introdução do pacote genérico de cigarro a fim de que os maços deixem de servir como propaganda. “As proibições são o meio adequado para evitar que os jovens na Escócia caiam no hábito de fumar”, disse Matheson.

O ministro lembrou ainda que o fumo está relacionado a uma série de doenças que podem ser prevenidas. A cada ano, o uso do tabaco está associado a mais de 13 mil mortes e 56 mil entradas nos hospitais da Escócia, acrescentou o representante do governo.

“Por isso é tão importante que o governo trabalhe para melhorar a saúde reduzindo o número de pessoas que escolhem fumar e a evidência mostra que os jovens expostos à publicidade de tabaco têm mais probabilidades de começar a fumar”, explicou.

Leia também:  Imigrantes são encontrados mortos em embarcação na Itália

A iniciativa escocesa foi bastante apoiada pela associação de Pesquisa do câncer da Escócia. No entanto, a Aliança de Varejistas de Tabaco (TRA), que representa mais de 26 mil comerciantes de todo o Reino Unido, se manifestou contrária à lei.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.