O vereador Rodrigo Lugli participou da convenção - Foto: AGORA MT
O vereador Rodrigo Lugli participou da convenção – Foto: AGORA MT

Mais de 20 militantes do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de Rondonópolis participaram da convenção em Cuiabá, no sábado (27), que elegeu por mais dois anos a presidência regional, Nilson Leitão e como vice Rogério Salles. O presidente municipal do partido, o vereador Rodrigo Lugli, participou do encontro e contou que já foram feitas algumas definições para 2014.

De acordo com o vereador, para a pré-candidatura a presidência do Brasil, o partido apoiará o senador Aécio Neves. Outra decisão que ficou acertada durante a reunião é que o PSDB vai se manter com o posicionamento de oposição ao governo federal e estadual.

O senador Pedro Taques (PDT) esteve no encontro e no uso da fala abriu espaço para que o PSDB venha formar junto com o PDT um novo grupo político no Estado. Na ocasião, o presidente, Nilson Leitão, também não descartou a possibilidade de uma união ao novo partido Mobilização Democrática (MD) que resultou da junção do PPS e PMN.

Leia também:  Ex-ministro Geddel Vieira Lima é preso após descoberta de malas com R$ 51 milhões

RONDONÓPOLIS

O vereador Rodrigo Lugli teve o nome indicado pelo vice-presidente regional e vice-prefeito de Rondonópolis, Rogério Salles, para lançar candidatura a deputado estadual, já nas eleições de 2014. “Precisamos fortalecer o partido e para isso são necessários representantes estaduais e federais”, diz Lugli.

Já em relação a uma possível candidatura de Salles, Rodrigo afirmou que tudo dependerá de uma decisão do prefeito Percival Muniz (MD). “Salles ainda não se posicionou, já que sabemos que Percival é quem tem a preferência. Se o prefeito for pleitear uma vaga ao senado ou ao governo, ai Salles ficará de fora das eleições para poder comandar Rondonópolis”, fala.

Segundo o vereador, caso Percival, não for sair candidato em 2014, então Salles pode ser candidato a deputado federal ou através uma composição ser o candidato ao governo do Estado.

Leia também:  Famílias pré-locadas do Neuma de Moraes vão se reunir com secretário de Habitação

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.