Agência Brasil - ABr - Empresa Brasil de Comunicação - EBC

A ministra do Planejamento, Mirian Belchior, visitou a Associação Mato-grossense dos Municípios, para conhecer o trabalho da Central de Projetos, onde são elaborados projetos para atender as demandas dos municípios em áreas como saúde, educação, lazer, social e  infra-estrutura. A central que foi criada em 2011, já elaborou mais de dois mil projetos para os municípios de todas as regiões do estado.  A ministra declarou que se trata de uma iniciativa de sucesso e o modelo desenvolvido pela central pode ser adotado em outros estados, visando garantir maior eficiência na captação de recursos para investimentos em setores básicos.

A ministra que também é engenheira e já foi secretária de planejamento da Prefeitura de Santo André, sabe da necessidade dos municípios em ter projetos adequados que possam captar recursos federais. Na ocasião, foi apresentado a ela um projeto modelo de uma central de tratamento e sinalização do município de Nova Maringá, que foi realizado em apenas duas semanas. “O trabalho da equipe técnica me deixou encantada”, disse ela.

Leia também:  Quase 20 mil pessoas passaram pela Caravana da Transformação na primeira semana

A ministra-chefe da secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, que também visitou a Associação Mato-grossense dos Municípios afirmou que a meta do governo federal é viabilizar recursos para direcionar as associações que congregam os municípios. Na opinião da ministra, a AMM está bem estruturada e capaz de atender as solicitações das prefeituras, pois a entidade é referência para outros estados.

Durante sua participação no Encontro de Novos Prefeitos em Cuiabá, Ideli Salvatti informou que o governo federal tem centrais de projetos, mas é necessário fortalecer as instituições, especialmente com recursos para capacitação profissional. “O nosso objetivo é atender os municípios, com condições de oferecer projetos que resultam em obras que aceleram o desenvolvimento das cidades”, assegurou a ministra.

Leia também:  Em visita técnica, equipe da Sema conheceu de perto a estrutura da Itaipu Binacional

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Valdecir Luiz Colle, Chiquinho, disse que a AMM, ao completar 30 anos de fundação, marca avanços significativos com os serviços prestados. Ele enalteceu a importância da visita das ministras para o fortalecimento dos municípios perante o governo federal. Segundo ele, se efetivada a parceria com o governo federal, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social-BNDES, destinará recursos para projeto de apoio à gestão dos municípios, por meio de convênio com a AMM. A instituição contaria com mais condições para ampliar a equipe de técnicos e a oferta de serviços visando consolidar o desenvolvimento socioeconômico dos municípios. “A elaboração de projetos para captação de recursos é um dos exemplos de ações que podem ser desenvolvidas. É uma prerrogativa do governo federal investir em projetos eficientes que auxiliam os gestores públicos em seus trabalhos”, assegurou.

Leia também:  Seplan divulga boletim sobre cenário econômico de Mato Grosso

Participaram do encontro com as ministras na Central de Projetos da Associação Mato-grossense dos Municípios, o governador do Estado, Silval Barbosa; vice-governador, Francisco Daltro; presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva; suplente de senador, Cidinho Santos; secretário Chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf; secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Meraldo Figueiredo Sá; o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, além de técnicos da AMM.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.