O Mixto saiu na frente na decisão do Campeonato Mato-grossense com a vitória por 1 a 0 sobre o Cuiabá, pela primeira partida da final, no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra. O único gol do jogo foi marcado por Paulo Henrique, no segundo tempo, que garantiu a vantagem para o Tigre.

As equipes decidem o título no próximo domingo, às 15h, também no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra. O Mixto precisa do empate para chegar ao seu 25º título estadual, enquanto o Dourado terá a missão de vencer por dois ou mais gols de diferença se quiser chegar ao tetracampeonato. Um vitória simples do Cuiabá leva a decisão para os pênaltis.

O Mixto atuou a partida inteira recuado e aproveitou a única chance clara que teve na partida para marcar o gol. Já o Cuiabá dominou as ações do jogo, mas não teve competência para balançar a rede.

Leia também:  União e Luve decidem o Estadual Sub-19

O time do treinador Cláudio Adão sentiu a falta do meia Geovani, suspenso. Seu substituto Natan, não esteve bem e pouco ajudou Robinho na armação das jogadas. E o autor do gol do Mixto saiu do banco de reservas para marcar. Artilheiro do time, agora com seis gols, tem sido preterido pelo treinador Cláudio Adão, desde a chegada de Felipe Adão, seu filho.

Porém, a estrela de Cláudio Adão e de Paulo Henrique brilhou e garantiu a vantagem ao Mixto.

No Cuiabá, o treinador Ary Marques também deixou seu artilheiro no banco. Igor, oito gols, ficou no banco de reservas e viu Marcão, seu substituto, perder um gol incrível no primeiro tempo. O Dourado teve a posse de bola, acuou o Mixto no campo, mas foi penalizado pela falta de pontaria de seus homens de frente.

Leia também:  Falso treinador é preso por pedofilia após prometer vaga em time em troca de 'nudes'
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.