O representante da promotoria da Infância e da Juventude do Ministério Público, Ari Madeira Costa, apresentou nesta segunda-feira (29) um requerimento onde é solicitada a melhoria do Centro Socioeducativo de Rondonópolis.

No requerimento, Madeira, solicita a condenação do Estado de Mato Grosso para que assim ofereça condições mais dignas aos internos, pois, os adolescentes do local vivem em condições precárias. “Que determine ao Estado de Mato Grosso que, imediatamente, implemente ações que afaste a situação desumana, cruel e degradante a qual estão submetidos os adolescentes internados no Centro Socioeducativo de Rondonópolis”

Madeira explica que o requerimento é fruto do resultado de avaliações da falta infraestrutura do local e de visitas no Centro Socioeducativo e se observar o apelo dramático dos internos, onde não se base ao certo se é um se é um grito de socorro ou o anúncio de uma tragédia a ser por eles protagonizada em razão da situação ali vivenciada.

Leia também:  Rondonópolis e outros 10 municípios terão novas viaturas para reforçar a segurança

O promotor requereu que seja determinado ao Estado de Mato Grosso que, imediatamente, e também a providencias por ações que afaste a situação desumana, cruel e degradante a qual estão submetidos os adolescentes internados no Centro Socioeducativo de Rondonópolis.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.