O Ministério Público do Trabalho, a Justiça do Trabalho, a Justiça Estadual, a Defensoria Pública e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) se uniram na Vara do Trabalho de Colíder, para a criação do Comitê Multi-institucional do município. A ideia é a construção de um espaço permanente de discussão, entre representantes locais, de temas e práticas administrativas e judiciais, bem como propostas de soluções para os problemas sociais de Colíder e região.

Participaram da reunião a procuradora do Trabalho da Procuradoria do Trabalho no município (PTM) de Alta Floresta, Fernanda Alitta Moreira, o juiz titular da Vara do Trabalho de Colíder, Angelo Henrique Peres Cestari, a juíza de Direito da Comarca de Colíder, Paula Saide Casagrande, o defensor Público da Comarca de Colíder, Fernando Marques de Campos, e o presidente da 11ª Subsessão da OAB em Colíder, Rogério Lavezzo.

Leia também:  Indea abre inscrições para treinamento voltado a médicos veterinários autônomos

Segundo o juiz do Trabalho Ângelo Henrique Cestari, um dos objetivos do Comitê é fazer com que os diversos órgãos envolvidos desenvolvam projetos conjuntamente, de maneira que os objetivos de cada instituição, mesmo que independentes, sejam alcançados.

Para a procuradora do Trabalho Fernanda Allita, a iniciativa deve ser replicada em outras localidades. “Em todos os municípios deveria haver essa iniciativa, pois existem v árias zonas de atribuições compartilhadas entre os órgãos públicos, onde se faz necessário um diálogo funcional constante em prol da sociedade”, afirmou.

A instituição do Comitê será divulgada para toda a sociedade no dia 10 de abril, às 19h, no auditório da OAB de Colíder, quando acontece também o lançamento do Prêmio Advogado Conciliador da Justiça do município.

Leia também:  Secitec abre 303 vagas para professores bolsistas do Pronatec nesta terça-feira (30)

ORGANIZAÇÃO

O grupo criado na cidade de Colíder seguirá as diretrizes do Comitê Multi-institucional do Sistema Judiciário de Mato Grosso, criado em abril de 2012, com o objetivo de promover a reestruturação do sistema judicial do Estado com ações estratégicas integradas, para melhorar e ampliar as condições dos serviços prestados à sociedade mato-grossense.

Os encontros do Comitê Multi-institucional de Colíder serão mensais e, em cada um deles, um integrante ficará responsável pela organização e controle das pautas.

A próxima reunião acontece no dia 16 de abril, sob a coordenação do juiz do Trabalho Ângelo Henrique Peres Cestari.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.