Mauro Campos 04

O vereador Mauro Campos do Partido dos Trabalhadores (PT) denunciou a dívida de R$ 42 milhões da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) há alguns dias na Câmara Municipal. Após ser eleito, o parlamentar tem demonstrado estar preocupado com as dívidas dizendo que as primeiras apurações apontam para uma improbidade administrativa.

A dívida da Coder que já não é mais nenhuma novidade, pois esse valor vem aumentando com o passar dos anos e a troca da administração municipal. Agora a preocupação de Mauro é nova, já que na gestão de Adilton Sachetti (PDT) o vereador foi gerente de núcleo da Coder, assinava documentos, mas nunca tocou no assunto. Pelo jeito o parlamentar não sabia da dívida ou não se importava com a situação.

Leia também:  Fantástico deve exibir reportagem sobre delação de Silval

Aliás o PT além do cargo de Mauro Campos, também teve assento no Conselho Fiscal da empresa de economia mista durante a gestão do ex-prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), com o  atual suplente de vereador  Aparecido Soares de Lima, o Cidão do PT, como um dos membros do conselho, que tem como principal objetivo fiscalizar as finanças da empresa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.