O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, apelou hoje (8) às autoridades da Coreia do Norte para que evitem fazer “novas provocações”. A reação dele ocorre após a advertência do governo da Coreia do Sul sobre a possibilidade de a Coreia do Norte promover o quarto teste nuclear. “Peço urgentemente que não tomem medidas que sejam novas provocações”, disse Ki-moon.

Ele lembrou que este é um “apelo urgente e honesto da comunidade internacional”. Acrescentou que “a República Popular Democrática da Coreia [Coreia do Norte] não pode continuar assim, não pode continuar a confrontar e a desafiar a autoridade do Conselho de Segurança da comunidade internacional”.

Em fevereiro, a Coreia do Norte promoveu seu terceiro ensaio nuclear, que gerou uma condenação da comunidade internacional e o aumento das sanções por parte da ONU. A iniciativa também provocou o agravamento das tensões com a Coreia do Sul e reações dos Estados Unidos.

Leia também:  Em ato de furto bandidos fazem "pausa" para terem relação sexual

Informações dos serviços secretos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul indicam que a Coreia do Norte prepara dois mísseis, de médio alcance, em lançadores móveis na Costa Oriental do país, com a intenção de testá-los antes do aniversário do líder fundador norte-coreano Kim Il-Sung, em 15 de abril. Os testes nucleares da Coreia do Norte ocorreram em 2006, 2009 e 2013.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.