Capacitação para médicos e enfermeiros que foi ministrado pelo endocrinologista Arthur Emílio. Foto da assessoria
Capacitação para médicos e enfermeiros que foi ministrado pelo endocrinologista Arthur Emílio. Foto da assessoria

A implantação de três ambulatórios de distúrbio endócrino junto ao Centro de Especialidades e Apoio ao Diagnóstico Albert Sabin – Ceadas beneficia os pacientes do SUS com diabetes, obesidade e doenças da tireóide de Rondonópolis. Uma equipe multidisciplinar oferece atendimento especializado às crianças, jovens e adultos. A iniciativa é uma determinação do prefeito Percival Muniz que visa promover mais qualidade de vida para as pessoas que convivem com esses problemas.

Para organizar melhor o serviço de encaminhamento dos pacientes das diversas unidades de PSF e centros de saúde aos ambulatórios, a equipe da Secretaria de Saúde promoveu um curso de capacitação para médicos e enfermeiros que foi ministrado pelo endocrinologista Arthur Emílio, na nesta quarta-feira (10). A supervisora de média e alta complexidade da Pasta, Juliane Montanha Meinberg, avalia que o treinamento vai ajudar a melhorar o atendimento a todos.

Leia também:  Secretário de Segurança deve ser afastado e usar tornozeleira em MT

A secretária de Saúde do Município, Marildes Ferreira, classifica a iniciativa de implantar os ambulatórios e preparar os profissionais para desenvolver o trabalho como ‘uma ação de significado ímpar para a população, inclusive para diabéticos e obesos antes excluídos do atendimento público’.

“A partir de agora esses pacientes vão contar com a atenção especial de uma equipe multidisciplinar que tem a missão de disponibilizar um conjunto de serviços n a rede básica de saúde para que todos eles possam ter mais qualidade de vida. É a saúde avançando cada vez mais em setores que tinham caído no esquecimento do Poder Público”, observa a secretária.

A equipe multidisciplinar que atua junto aos ambulatórios de distúrbio endócrino é composta por um médico endocrinologista, nutricionista, psicólogo, enfermeiro e assistente social.

Leia também:  Ex-prefeito não paga conta de energia e tem bens bloqueados pela Justiça de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.