Prédio de oito andares sofreu colapso e desabou em Bangladesh (Foto: A.M. Ahad / AP Photo)
Prédio de oito andares sofreu colapso e desabou em Bangladesh (Foto: A.M. Ahad / AP Photo)

 

Pelo menos 82 pessoas morreram e mais de 700 ficaram feridas nesta quarta-feira (24) no desabamento de um edifício de oito andares que abrigava duas fábricas de confecção nas proximidades da capital de Bangladesh, Dacca, segundo a France Presse.

“O balanço é de 82 mortos. Pelo menos 700 pessoas estão sendo atendidas no hospital”, declarou Hiralal Roy, médico da emergência do centro hospitalar Enam, próximo ao local da tragédia.

O número de vítimas ainda não é definitivo e pode aumentar, pois mais de 1.000 pessoas estavam no edifício na hora do desabamento, segundo estimativa de bombeiros que estão no local.

O edifício Rana Plaza, de oito andares, que fica na região de Savar, 24 km ao noroeste da capital, ruiu no começo da manhã, disse o diretor-adjunto do Corpo de Bombeiros de Daca, Salim Newaj Bhuyian.

Leia também:  Ex-gerente é preso por fraude que desviou mais de R$ 10 milhões do Banco do Brasil

Os bombeiros resgataram 60 pessoas das ruínas, informou o diário “The Daily Star”. Equipes de resgate seguem trabalhando nos escombros, à procura de sobreviventes. De acordo com o jornal, há pessoas desaparecidas no local.

O Rana Plaza abriga um mercado, lojas têxtil e uma agência bancária.

Não há ainda informações sobre as causas do desabamento. Segundo o ministério do Interior, o prédio foi construído sem respeitar a legislação.

Em 2006, 61 pessoas morreram e outra 86 se feriram após o desabamento de um edifício de nove andares localizado na mesmo região.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.