A reação nas redes sociais foi imediata. O Twitter e o Facebook foram invadidos por mensagens revoltadas contra o participante comandado por Fabrício Werdum. Minotauro é um dos maiores nomes do MMA e lenda do esporte, uma das poucas unanimidades. Ele não tem fãs e pupilos, ele tem seguidores que o idolatram, dentro e fora do octógono.

Viscardi até se desculpou depois, disse que fez aquilo no calor do momento, que estava irritado com o fato de ter ficado um dia a mais tirando peso e que o time adversário teve o direto a escolher quem seria o substituto do lesionado Neílson Gomes. Fabrício Werdum também intercedeu, pediu desculpas pelo grupo, mas o estrago já estava feito.

Leia também:  Judoca brasileira vence adversária com 11 segundos e se torna a bicampeã mundial

Muitos lutadores usaram o Twitter para atacar Viscardi, principalmente os que têm Rodrigo como mestre, como é o caso de Rony Jason, vencedor do primeiro TUF Brasil, e Antonio Pezão, que vai disputar o cinturão dos pesados do UFC em maio, contra Cain Velasquez.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.