Material apreendido-Foto: Assessoria
Material apreendido-Foto: Assessoria

Sessenta litros de whisky falsificados foram apreendidos pela Delegacia do Consumidor, da Polícia Judiciária Civil, no final da tarde de terça-feira (23.04). A bebida foi apreendida em poder de Maykon Araújo de Lima, 19 anos, flagrado quando iria entregar cinco caixas para uma pessoa, no pátio de uma empresa, na região do Coxipó.

A delegada Ana Cristina Feldner disse que a bebida seria comercializada em festas “open bar”, realizadas na Capital. Conforme Feldner, denúncias de frequentadores dessas festas chegaram à Delegacia, da venda de bebidas destiladas falsificadas.

Segundo as investigações, a mercadoria apreendida seria vendida por R$ 2,5 mil, mas se fosse de fabricação original custaria aproximadamente R$ 7 mil. O suspeito informou que comprou a bebida de um distribuidor do Paraguai.

Leia também:  Trio envolvido em roubo de carreta carregada de óleo diesel é preso

Conforme adiantou a pericia, há vários indícios de adulteração. Um deles é o nível de enchimento das garrafas, diferente uma das outras, e a ausência do selo de controle de fiscalização. “Algumas falsificações são tão grosseiras e perigosas, pois adicionam iodo a água ardente, colocando em risco a saúde das pessoas”, alerta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.