Após a primeira derrota na temporada, o zagueiro Ferron acredita que a Ponte Preta não encontrará facilidade nesta reta final de Campeonato Paulista. Para o defensor, o jogo diante do Mirassol, que briga para evitar o rebaixamento, no próximo domingo.

“Não tivemos nenhum jogo fácil no Campeonato Paulista. Sabemos que essa vitória em casa contra o Mirassol vai ser muito importante. Eles vem em um momento ruim na tabela, brigando para sair da zona de rebaixamento e vão querer o resultado. Acredito que, se colocarmos nosso ritmo e entrarmos concentrados, vamos fazer um grande jogo”, disse o zagueiro.

Aliás, Ferron não terá a companhia do suspenso Cléber na defesa. Para o seu lugar, o técnico Guto Ferreira deverá confirmar a entrada de Wescley.

Leia também:  Preparador de goleiros lembra o dia em que Neymar enfrentou o União

“Fizemos um grande jogo contra o Paulista, ainda mais nas circunstâncias que foram, com o campo ruim daquele jeito. Fiquei muito feliz pela recuperação do Wescley. Depois de passar por cirurgia ele voltou e voltou bem. É um jogador de extrema qualidade e tem muita experiência. Ali atrás, vamos dar o máximo para fazer um grande jogo”.

A duas rodadas para o encerramento da fase de classificação, a Ponte Preta figura na segunda colocação, com 34 pontos, sete atrás do líder São Paulo. Ou seja, não pode mais alcançar o topo da tabela. Mesmo assim, Ferron planeja duas vitórias para se manter na vice-liderança.

“Queremos as duas vitórias para não depender de ninguém. Temos que ir passo a passo, assim como estamos fazendo até aqui. O foco tem que estar primeiro neste jogo de domingo para depois pensarmos no último”, finalizou.

Leia também:  Diretoria do União deve apresentar equipe dia 14
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.